Endometabolica

Diretora Técnica: Dra. Anke Boeving de Bem
CRM: 19549 | RQE: 14004 - Endocrinologia e Metabologia

Exames e Tratamentos - Endoscopia Terapêutica

Gastrostomia Endoscópica

O que é uma gastrostomia?

Gastrostomia é uma abertura criada no estômago para a parede do abdome. A gastrostomia pode ser necessária se o paciente não for capaz de ingerir pela boca comida suficiente para uma boa nutrição. Desta forma, alimentos e líquidos são dados por meio de um tubo colocado na abertura no estômago. Um disco de plástico ou balão que fica no interior do estômago prende o tubo no lugar.

Quando ela é usada?

Este procedimento pode ser feito para alimentar você, se você não consegue comer normalmente. Por exemplo, você pode precisar de uma gastrostomia se:

Não puder engolir por algum problema como câncer de boca ou garganta, ou acidente vascular cerebral (AVC).
Outros problemas para engolir (problemas de deglutição)
Em alguns tratamentos médicos, como quimioterapia ou radioterapia, que são temporários mas as vezes tornam difícil você comer o suficiente para obter uma boa nutrição.
Casos de desnutrição severa.

Alguns tubos de alimentação temporários são passados através do nariz até ao estômago, são as chamadas sondas nasoenterais. Um tubo de gastrotomia é normalmente colocado para permitir a remoção de uma sonda nasoenteral, de modo que a alimentação pode continuar com maior conforto e por tempo mais prolongado.

Como devo me preparar para gastrostomia ?

Planeje o tempo para o seu tratamento e recuperação após o procedimento. Encontre alguém para lhe levar para casa após o procedimento. Siga todas as instruções que seu médico lhe der.
Se você precisar de um analgésico na semana antes do procedimento, escolha paracetamol ou dipirona ao invés de aspirina ou anti-inflamatórios. A aspirina ou anti-inflamatórios podem provocar sangramento adicional durante o procedimento. Se voçê toma aspirina ou anticoagulantes diariamente para uma condição médica, pergunte ao seu médico se você precisa parar de tomá-las antes de seu procedimento.

O que acontece durante o procedimento?

Para gastrostomia endoscópica percutânea, você receberá um sedativo e um anestésico local para mantê-lo sem sentir dor. O médico irá introduzir um endoscópio através de sua boca até o seu estômago. Um endoscópio é um tubo fino e flexível com uma pequena câmera. Ele permite que o médico olhe para o interior de seu estômago durante o procedimento.
O seu médico irá encher o estômago com ar para torná-lo maior e empurrar a parede do estômago mais perto da parede abdominal. O médico irá guiar uma agulha e fio através de sua pele e parede abdominal até o seu estômago. O endoscópio permite ao médico ver e capturar o fio dentro do estômago.


<b>O que acontece durante o procedimento?</b>

.

O fio é então puxado de volta pela boca. Um tubo de plástico é ligada ao fio e puxado através da boca ao longo do percurso até o estômago.


.

.

O médico irá fixar o tubo de dentro do estômago e na sua pele. O pedaço curto do tubo de borracha visível através da parede abdominal é facilmente coberto com a roupa.


.

O que acontece depois do procedimento?

Você será ensinado como usar e cuidar do tubo de alimentação antes de deixar a clínica. A sonda colocada pode ser geralmente utilizada dentro de 12 a 24 horas após o procedimento.

A fórmula para a alimentação pode ser passada através do tubo para dentro do estômago com uma seringa especial. Em alguns casos, uma bomba é utilizada.

Se o tubo de gastrostomia for necessário para um longo período de tempo, este pode depois ser substituído. Substituir o tubo é um procedimento ambulatorial simples que pode ser feito no consultório do seu médico.

Discuta seus medicamentos com o seu médico. Medicamentos mais líquidos podem ser dados a você através do tubo de alimentação com uma seringa. Muitos medicamentos disponíveis na forma de comprimidos podem também estar disponíveis na forma líquida. Também pode ser possível dissolver comprimidos esmagados em água, para que possam ser fornecidos através do tubo de alimentação. Medicamentos substitutos podem estar disponíveis se nenhuma dessas soluções funcionar.

Certifique-se de que o tubo de alimentação é cuidadosamente protegido sob a roupa.

Lave sempre o tubo de alimentação de água depois de colocar medicamentos ou alimentos nele para evitar o entupimento do tubo.

Quais são os benefícios deste procedimento?

Você será capaz de obter uma nutrição suficiente sem ter um tubo pelo nariz até o estômago.

Quais são os riscos associados a este procedimento?

Existem alguns riscos quando você recebe uma sedação. Discuta estes riscos com seu médico.
O cólon ou outros órgãos do abdome podem ser feridos durante o procedimento, o que pode exigir cirurgia para reparação.
A área em volta do tubo pode infeccionar após o procedimento.
Pode haver sangramento no local puncionado.

Como faço para cuidar de uma gastrostomia em casa ?

Você ou seu cuidador terá que aprender a cuidar da gastrostomia. Sua equipe de atendimento médico vai ensinar o que você precisa saber para se sentir seguro e confortável para cuidar da gastrostomia em casa.

Lave as mãos com água e sabão antes e depois de tocar a área.
Use água morna e sabão para limpar em volta do local de 2 a 3 vezes por dia ou conforme necessário.
Certifique-se de gentilmente esfregar todas as áreas crostosas na pele em volta do tubo e sobre o próprio tubo.
Após a limpeza, lavar ao redor da área com água e secar.
Você pode usar uma pomada antibiótica ao redor do local, se a área parece vermelha ou machucada.

A extremidade do tubo tem de se manter encostado à parede interior do estômago mas sem ficar muito apertado. Se estiver muito apertado a parte que esta dentro do estômago pode 'migrar' para dentro da parede abdome gerando um problema sério.

Quando o tubo está encostado à parede do estômago e corretamente no lugar, voçê pode marcar com caneta de tinta permanente o local onde o tubo sai do estômago. Então você pode facilmente verificar se o tubo está corretamente no lugar, olhando para a marca. Verifique diariamente para se certificar de que a extremidade do tubo está no lugar, empurrando e puxando suavemente o tubo até sentir resistência.

Durante um banho, lembre-se:

Prenda o tubo antes de tomar banho.
Evite água quente demais pois pode irritar a pele macia no local tubo.
Use apenas sabonetes suaves e panos macios.

Seu médico lhe dirá quando você pode voltar às suas atividades normais. Você pode ser orientado para evitar atividades por um período. Certifique-se sempre de que o tubo está cuidadosamente protegido sob a roupa.

A gastrostomia não deve impedi-lo de voltar ao trabalho ou da maioria das atividades. Se você tiver dúvidas, pergunte ao seu médico. A gastrostomia não precisa limitar a sua oportunidade de viajar. Porém tenha sempre um kit de viagem de suprimentos de emergência com você.

O kit de viagem deve incluir:

Cateter Foley (pergunte ao seu médico o tamanho do cateter)
Seringa
Gel lubrificante
Números de telefone de emergência.

Quais problemas posso ter com uma gastrostomia?

Possíveis problemas com uma gastrostomia incluem:

Vazamento em torno da sonda de gastrostomia

Para evitar o vazamento do conteúdo do estômago, puxe o tubo para que o disco plástico ou o balão encoste à parede do estômago. Chame o seu médico se o vazamento continua.

Canal de alimentação obstruído

O bloqueio pode ser causado por acúmulo de alimentos ou de medicamentos no tubo ou por fluidos corporais, crostas em torno da abertura. Lavar o tubo com 10 mL de água morna para limpar o tubo de qualquer bloqueio. Se o tubo ainda parece bloqueado, ligue para o seu médico.

Drenagem em torno da gastrostomia

Alguma drenagem ao redor do tubo de gastrostomia é normal, especialmente logo após a alimentação. Limpe a pele ao redor, muitas vezes. Certifique-se de remover todas as áreas crostosas do próprio tubo. Isso deve ajudar a diminuir as chances de obstrução.

Tecido de granulação em torno da gastrostomia

Uma pequena quantidade de tecido vermelho pode se desenvolver em torno da gastrotomia. Isto é chamado de tecido de granulação. Não se assuste, isto é normal. Mas se houver uma grande quantidade de tecido, se a área estiver inflamada, ou se o tecido estiver interferindo com o cuidado da sonda, ligue para o seu médico.

Vômitos ou diarreia

Vômitos e diarreia podem ser causados pela migração do tubo para dentro do estômago bloqueando assim a saída do estômago para o duodeno. Para evitar isto, voçê deve medir o comprimento do tubo diariamente a partir do local de saída do estômago para a extremidade do tubo. Compare este número com a medida que você fez anteriormente. Se a marcação do tubo não aparece, puxe o tubo até visualizar a marcação. Se você não conseguir puxar delicadamente o tubo, fixe-o na posição e ligue para o seu médico.

Inchaço e vômito

Acúmulo de gás e alimentação em excesso podem causar inchaço do estômago e ânsia de vômito. Abrir o tubo irá permitir que o ar escape e gradualmente alivie o problema.

Quebra do tubo

A maioria dos tubos tem duração de 6 meses. Eventualmente, o tubo de borracha rompe e fica mais difícil de usar. Muitas vezes, a ponteira utilizada para adicionar a fórmula de alimentação quebra ou racha. Estes são sinais de que o tubo tem de ser substituído.

O que devo fazer se eu precisar ir de emergência para o hospital?

Se você precisa ir para o hospital ou pronto-socorro, levar o seu 'kit de viagem' e qualquer informação útil que você tem sobre a sua gastrostomia (data que foi realizada, tamanho do tubo, tipo de tubo, copia do laudo da realização, contato da clinica, ...). Se a sonda de gastrostomia foi acidentalmente puxada para fora, levá-la com você.

Quando devo ligar para o meu médico?

Se o tubo sair. Não é perigoso, mas a abertura pode fechar muito rapidamente, por isto um novo tubo precisa ser colocado antes que isso aconteça. Certifique-se de chamar o seu médico para instruções se o seu tubo de alimentação acidentalmente sair.
Se houver um monte de drenagem ao redor do tubo, principalmente se houver pus.
Se tiver febre de 37,8 ° C ou superior.
Se tiver dor de forte intensidade com a alimentação.O que devo fazer se eu precisar ir de emergência para o hospital?

Instagram LinkedIN
Twitter Facebook

Diretora Técnica: Dra. Anke Boeving de Bem
CRM: 19549 | RQE: 14004 - Endocrinologia e Metabologia

Página Inicial
Área Restrita
Fale Conosco

(41) 3285-5050

contato@endometabolica.com.br
Rua Padre Anchieta, 2050
Edifício Helbor Offices Champagnat - Salas 903-907
Bairro: Bigorrilho / Curitiba - PR, CEP 80.730-000