Endometabolica

Diretora Técnica: Dra. Anke Boeving de Bem
CRM: 19549 | RQE: 14004 - Endocrinologia e Metabologia

Equipe de Profissionais


  Dra. Anke Boeving de Bem

- Dra. Anke Boeving de Bem
Endocrinologia


  Dr. Ricardo Schmitt de Bem

- Dr. Ricardo Schmitt de Bem
Balão Intragástrico - Endoscopia Digestiva - Gastroenterologia - Hepatologia


  Dra. Luciana do Nascimento Moraes

- Dra. Luciana do Nascimento Moraes
Cardiologia


  Dr. Rubens Mauricio D. Stelmachuk

- Dr. Rubens Mauricio D. Stelmachuk
Cardiologia - Ecocardiografia


  Dra. Reggiani Maria Venancio

- Dra. Reggiani Maria Venancio
Ginecologia - Obstetrícia


  Dra. Aline Matos

- Dra. Aline Matos
Ginecologia


  Dr. Bruno Cesar Legnani

- Dr. Bruno Cesar Legnani
Cirurgia Plástica e Reparadora


  Dr. Bruno Moraes Ribas

- Dr. Bruno Moraes Ribas
Cirurgia Vascular e Endovascular


  Dra. Ana Carolina Buffara Blitzkow

- Dra. Ana Carolina Buffara Blitzkow
Cirurgia do Aparelho Digestivo


  Dr. Gustavo Justo Schulz

- Dr. Gustavo Justo Schulz
Cirurgia do Aparelho Digestivo


  Dr. João Otávio Ribas Zahdi

- Dr. João Otávio Ribas Zahdi
Nefrologia


  Dra. Aline P. B. Somacal

- Dra. Aline P. B. Somacal
Dermatologia


  Dra. Cecília Neves de Vasconcelos

- Dra. Cecília Neves de Vasconcelos
Hematologia e Hemoterapia


  Dr. Crhistiano Coleto Druszcz

- Dr. Crhistiano Coleto Druszcz
Cirurgia Bariátrica (Obesidade)


  Dra. Vivian Botelho Coginotti

- Dra. Vivian Botelho Coginotti
Reumatologia


  Dra. Caroline Souza Sokoloski

- Dra. Caroline Souza Sokoloski
Pneumologia


  Dra. Vanessa C. Corrêa do Nascimento

- Dra. Vanessa C. Corrêa do Nascimento
Dermatologia


  Dra. Anna Maria Forcelini Bonin

- Dra. Anna Maria Forcelini Bonin
Nutrição Clínica


  Dra. Cintia Sayuri Machado

- Dra. Cintia Sayuri Machado
Medicina Generalista


  Dra. Elisandre Caroline dos Santos

- Dra. Elisandre Caroline dos Santos
Endoscopia Digestiva


  Dr. Rodrigo Prado Silva Nassif

- Dr. Rodrigo Prado Silva Nassif
Psiquiatria


  Dra. Valéria Cristina Scavasine

- Dra. Valéria Cristina Scavasine
Neurologia

  Dr. Gustavo Justo Schulz

Dr. Gustavo Justo Schulz

CRM: 16610 | RQE: 11343 12479 18775


Especialidade: Cirurgia do Aparelho Digestivo.


Formou-se em Medicina pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), onde também concluiu mestrado em Clínica Cirúrgica.
Fez residência médica em Cirurgia Geral no HC/UFPR (2000) e em Cirurgia do Aparelho Digestivo no HC/UFPR (2002).
É especialista pelo Colégio Brasileiro de Cirurgiões e Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva (habilitação em videocirurgia)
Pós-graduado em Gestão da Clínica nos Hospitais do SUS pelo Hospital Sírio-Libanês/Fundação Dom Cabral.
É servidor público municipal desde 2010. Foi responsável pela chefia do Serviço de Urgência e Emergência Cirúrgica do Hospital de Clínicas/UFPR.
No Hospital do Trabalhador/UFPR, em Curitiba, coordenou o Colegiado Gestor de Cuidado do Paciente Cirúrgico, presidiu a Comissão de Ética Médica, coordenou a Comissão de Residência Medica (Coreme) e atuou como preceptor da residência de Cirurgia Geral.
Atualmente, é conselheiro do Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM/PR).
Em 2012, esteve à frente da Diretoria Técnica do Hospital do Idoso Zilda Arns e da Diretoria de Atenção à Saúde da Feaes. De 2013 a 2016, exerceu o cargo de diretor geral da Feaes.


Cirurgia de Fígado, Vias Biliares e Pâncreas

Cálculos da Vesícula Biliar

A vesícula biliar é um pequeno órgão oco responsável pelo armazenamento e concentração da bile, uma secreção digestiva produzida pelo fígado que auxilia na digestão. Localizada abaixo do lobo hepático direito, mede aproximadamente 8cm de comprimento e 4cm de diâmetro nos adultos, quando está repleta.

Abscessos hepáticos

Os abscessos hepáticos são um tipo de infecção organizada do fígado, que habitualmente provocam dor abdominal e febre, podendo ser acompanhados por coloração amarelada da pele e dos olhos (icterícia) e alterações da cor da urina e das fezes.

Hipertensão Portal

Entidade relativamente grave, foco de interesse mundial, constitui um aumento da pressão na veia porta decorrente do aumento do fluxo sanguíneo e/ou um aumento da resistência vascular no sistema porta.

Tumores do fígado, vias biliares e pâncreas

Os tumores que acometem o fígado, as vias biliares e o pâncreas são doenças complexas e de tratamento difícil, o qual deve ser realizado apenas em centros especializados. A cirurgia, com a retirada completa do tumor, dos gânglios ao seu redor e, algumas vezes, de órgãos adjacentes, é a única modalidade que traz chance de cura para o paciente.

Pancreatites

São processos inflamatórios e às vezes infecciosos do pâncreas. A maior incidência se dá nos pacientes com cálculos na vesícula que migram através dos ductos biliares até o pâncreas.

Cálculos na Vesícula e/ou Vias biliares

Os cálculos na vesícula aparecem freqüentemente após os 40 anos de idade, principalmente mulheres que já tiveram filhos e que sofreram alterações no peso.

Estenose de Vias Biliares

As estenoses ou estreitamentos das vias biliares podem ser decorrentes de diversos fatores, tais como infecções repetidas dos canais biliares, tumores que acometem os ductos biliares ou a vesícula biliar, traumatismos e, também, consequência da realização de procedimentos endoscópicos ou cirúrgicos sobre essa região.

Cirurgia Esôfago, Estômago E Duodeno

São responsáveis pela condução e início da digestão dos alimentos. A doença do refluxo, a gastrite e as úlceras estão entre as alterações mais comuns.
As doenças malignas podem ser frequentes e graves, mas são tratadas com segurança e bons resultados quando tem seu diagnóstico precoce.

Doença do Refluxo Gastro-Esofágico

A doença do refluxo gastro-esofágico (DRGE) ocorre quando o conteúdo do estômago e/ou biliar reflui para o esôfago de forma patológica, provocando sintomas ou alterações neste órgão. Trata-se de um problema bastante comum em nosso meio, que prejudica muito a qualidade de vida dos pacientes.

Cirurgia do Cólon e Reto

O cólon e o reto formam o final do sistema digestório. Têm papel fundamental no manejo da água e dos resíduos intestinais. São sede de patologias muito frequentes em nosso meio, como os pólipos, divertículos e o câncer colorretal.

Doenças do Intestino Grosso, Cólon e Reto:

Divertículos

No intestino grosso são muito freqüentes, principalmente após a sétima década de vida. São formações saculares que tendem a coletar resíduos alimentares e promover a estase fecal gerando processos inflamatórios e infecciosos. Tais processos podem se agravar, ocasionando sangramentos e perfurações intestinais.

Na maioria dos casos o tratamento é clinico, porém eventualmente e na persistência das crises o tratamento cirúrgico, preferencialmente por videolaparoscopia se impõe.

Doença de Chagas

O acometimento do cólon pela Doença de Chagas em algumas regiões no Brasil chega até ser endêmico e constituir uma das doenças mais freqüentes do intestino grosso. Trata-se de uma incoordenação muscular intestinal por alteração neurológica promovendo dilatação intestinal e obstipação. Quando o estágio da doença é avançado há a necessidade de retirada da porção intestinal doente.

Esse procedimento freqüentemente é realizado por videolaparoscopia.

Tumores

Trata-se de um dos tumores mais freqüentes do aparelho digestivo, acomete indivíduos de 40 a 70 anos e na maioria são malignos. Tem um caráter familiar importante, principalmente nos indivíduos com antecedentes familiares de tumores ou pólipos intestinais. O diagnóstico de confirmação só é obtido após o exame da colonoscopia com biópsia e análise anatomopatológica do tumor.

É de tratamento cirúrgico e atualmente a cirurgia videolaparoscópica é um dos métodos consagrados para a ressecção.


     -      Currículo Lattes     -     

Google+ LinkedIN
Twitter Facebook

Diretora Técnica: Dra. Anke Boeving de Bem
CRM: 19549 | RQE: 14004 - Endocrinologia e Metabologia

Página Inicial
Área Restrita
Fale Conosco

(41) 3285-5050

contato@endometabolica.com.br
Rua Padre Anchieta, 2050
Edifício Helbor Offices Champagnat - Salas 903-907
Bairro: Bigorrilho / Curitiba - PR, CEP 80.730-000